Emerson Alecrim

O ponto de vista de um alecrim que não é dourado


Como acordar bem acordado

5 comentários

Este que vos escreve é do tipo que costumar dormir tarde e acordar cedo. Assim, vez ou outra, acabo sendo vítima da “síndrome dos 5 minutos”, isto é, desperto, desligo o (maldito) despertador e digo a mim mesmo que dormirei só por mais 5 minutos, quando, na verdade, acabo acordando 5² minutos depois.

O legal é que quando percebo que dormi mais do que deveria, acordo num pulo, desperto como se tivesse levado um banho de água gelada. Pois é aí que está o segredo para evitar atrasos: “acordar bem acordado”. Mas como, se durmo menos do que meu organismo exige? Como, se minha cama fica incrivelmente atraente quando estou com muito sono?

Foi pensando nesse dilema que um inventor maluco – que provavelmente trabalha para a Polishop ou para as Organizações Tabajara – criou o Flying Alarm Clock. Trata-se de um despertador que funciona como qualquer outro, porém conta com um adicional: ao invés de apenas tocar um alarme na hora programada, o aparelho também ejeta uma hélice, que voa pelo recinto e dificilmente cai no mesmo lugar. Se o dono do aparelho não inserir a maldita hélice de volta no despertador, o alarme irá tocar até a bateria acabar.

O produto realmente deve funcionar, já que a pessoa é obrigada a levantar rapidamente da cama para procurar a tal hélice, do contrário, o barulho infernal não parará. Problema mesmo vai ser se a janela for esquecida aberta e a hélice sair voando por ela…

Quer dar o Flying Alarm Clock de presente de natal a alguém? O maldito custa apenas 39,3 dólares e pode ser comprado aqui. A dica veio do The Red Ferret.

Ao som de Tristania – Deadlands.

Escrivinhado por Emerson Alecrim

2/12/2006 - 17:22

Postado em Inusitado

5 comentários para 'Como acordar bem acordado'

  1. Seria útil para quem costume dormir à 01:30 e acordar às 05:00. Ótimo ainda, com essa vida de SBC x SP, casa-trampo-faculdade. Isso evitaria os meus atrasos constantes que variam de uma a três vezes por semana e resultam em descontos surpreendentes no fim do mês. O problema, Emerson, é que quem dorme apenas umas quatro horas por dia, corre o belo risco de acidentalmente, quebrar o objeto. Afinal, quando pernilongo ou qualquer outro inseto faz barulho, o que nós fazemos exatamente? No meu quarto, esse treco não renderia muito, não.

    Katia

    2/12/2006 - 21:15

  2. Eu digo que não adianta. Eu fiz algo bem mais simples, que é deixar o despertador fora do alcance do outro lado do quarto, o que me obriga a levantar e a atravessar o quarto para desligar e, ainda assim, volto pros meus 15 minutos depois disso.

    Wilerson

    2/12/2006 - 23:11

  3. Decididamente, eu *preciso* desse despertador!

    Lu

    3/12/2006 - 11:07

  4. É bom mesmo!! Já acabou do estoque!

    Alini

    7/12/2006 - 20:18

  5. Muito bom, nao consigo parar de rir
    “Se o dono do aparelho não inserir a maldita hélice de volta no despertador, o alarme irá tocar até a bateria acabar. ”
    “o contrário, o barulho infernal não parará. Problema mesmo vai ser se a janela for esquecida aberta e a hélice sair voando por ela…”
    Chorei de tanto rir imaginando a cena…
    mto bom, Emerson.

    Mônica

    2/2/2011 - 9:44

Comentar